www.ONDAVERDEONG.org.br

Voc√™ est√° em: HOME / CONHE√áA / PUBLICA√á√ēES

PUBLICA√á√ēES

PESCA SUSTENT√ĀVEL PROMOVE A PRESERVA√á√ÉO

< Voltar
04-02-2023

Este foi o t√≠tulo da campanha lan√ßada pela Onda Verde s√°bado dia 04 de fevereiro. Em um encontro informal junto √† Iscaria do Jair, √†s margens do Rio Mampituba, uma roda de conversas que reuniu al√©m de membros da organiza√ß√£o, pescadores profissionais e amadores, PATRAM (Patrulha Ambiental do RS), AGAPIA (Associa√ß√£o Ga√ļcha de Pesca e Iscas Artificiais).

D√©bora Fernandes, atual presidente da organiza√ß√£o ambiental, apresentou a campanha, lembrando tratar-se de uma a√ß√£o de Educa√ß√£o Ambiental, cujo objetivo era promover a informa√ß√£o da forma mais adequada da pr√°tica da pescaria esportiva e amadora visando a sustentabilidade, lembrou que a quest√£o da pesca do Robalo foi levantado pelo torrense e pescador √änio Daitx e pelo guia de pesca Willian Siqueira, que preocupados com a falta de informa√ß√Ķes principalmente √† pescaria amadora de fim de semana que desconhecem os tamanhos, pesos que podem ser retirados, √©poca de procria√ß√£o para que n√£o haja preju√≠zo na preserva√ß√£o das esp√©cies. Willian e Italo Franzoi, Vice ‚Äď Presidente da AGAPIA complementam explicando sobre as duas esp√©cies existentes na Mampituba: Robalo Flecha e o Robalo Peva, que apesar da quantidade encontrada, j√° se percebe uma diminui√ß√£o consider√°vel de cardumes, e que a pesca esportiva √© tamb√©m uma atividade tur√≠stica que possui uma cadeia produtiva muito interessante aos munic√≠pios que abrange o Rio Mampituba. Representantes da PATRAM lembraram da import√Ęncia da fiscaliza√ß√£o feita por todos os cidad√£os e da den√ļncia ao √≥rg√£o ambiental, n√£o s√≥ para a pesca irregular, mas tamb√©m de redes extendidas de margem √† margem do rio que impede a subida de botos e captura muitos tipos de fauna.

Após foram distribuídos materiais informativos (panfletos e cartazes) pela orla e para que fossem levados aos órgãos convidados.

A campanha teve como referência teórica um estudo científico da universidade federal do Paraná, a Lei 15.223/2018 do Estado do Rio Grande do Sul que institui a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca no Estado pelo GT da Onda Verde formado pela Bióloga Leonila Quartiero e pelas associadas Loreni John, Virgínia Serpa e Ênio Daitx que na oportunidade do evento tornou-se mais associados da Onda Verde.

Como Pescar de Forma Sustent√°vel:

Evitar a pesca nos meses de novembro e dezembro;

Observar o tamanho de peixe para pesca: 40 a 50 cm para o robalo-peva 60 a 70 cm para o robalo-flechas Obs. acima desse tamanho s√£o peixes matrizes que podem estar ‚Äėovadas‚Äô

Proteger e preservar os manguezais, rios, manguezais e baías, especialmente barra dos rios até acima da foz, pois são seus locais preferidos de habitat.

Levar para casa 1 exemplar por pescador.

Lembrando que de acordo com Art. 4¬ļ da Lei, s√£o objetivos da Pol√≠tica Estadual de Desenvolvimento Sustent√°vel da Pesca no Estado: I - garantir o desenvolvimento sustent√°vel da atividade pesqueira como fonte de alimenta√ß√£o, trabalho, renda, cultura e lazer, promovendo o uso dos recursos pesqueiros, bem como a otimiza√ß√£o dos benef√≠cios econ√īmicos decorrentes, em harmonia com a preserva√ß√£o e a conserva√ß√£o do meio ambiente e da biodiversidade; #PescaSustent√°vel #PratiqueEstaIdeia

Fotos

Av. General Os√≥rio, 158 - Centro - Torres/RS   ( junto a sede da Ecotorres )
Visite a Air Tecnologia